A minha intenção pelo menos por enquanto não é transformar o blog em uma página de gastronomia ou postar receitas muito elaboradas, mas sim usar o que tem na geladeira de casa às vezes eu compro, é claro para fazer uma refeição bacana e depois repassar aqui. Inclusive escrever as receitas aqui é um pedido que venho recebendo de algumas muitas pessoas internet afora – e no mundo real, também.

molho de tomate
Molho de tomate no fogo. No dia não tirei muitas fotos, então essa foto não é minha.

A principal parte da receita de hoje – o molho de tomate – eu fiz me inspirando na receita que vi no Instagram de Mirko Andrey, resolvi usar a ideia e fazer em casa para jantar com alguns amigos na noite de sábado (essa foi uma das receitas).

Então, vamos aos Ingredientes (no caso dos temperos, use o quanto preferir):

  • Frango desfiado e temperado da maneira que preferir (aqui foi usada uma bandeja de 1kg de filé de peito de frango da Sadia)
  • 6 tomates maduros
  • 1 copo de requeijão light
  • Salsa
  • Manjericão (manjericão é sempre bom!)
  • Cebola para refogar
  • Alho a gosto para refogar
  • Azeite
  • Sal
  • Pimenta do reino

Depois (ou ao mesmo tempo) de ter preparado o frango, temperado do jeito que preferir e desfiado, vamos falar do molho. Refogue mais ou menos meia cebola – coloquei mais da metade um pouco – e o alho e despeje na panela quatro dos tomates batidos no liquidificador ou processador. Adicione os outros tomates cortados em pedaços grandes e deixe cozinhar bem, amassando os pedaços de tomate. Para retirar a acidez, na receita original é recomendado usar 1 envelope de adoçante sucralose. Eu não usei porque não tinha, mas achei bom no final.

tn_molho_de_frangoJunte o requeijão light e misture bem, até começar a levantar fervura. Depois adicione os temperos na medida que achar interessante, podendo usar outros também, como preferir. Cuidado que algumas folhas, como a de manjericão, têm o gosto muito apurado em molhos. Só para não errar na mão. No final das contas, o frango foi todo (ainda sobrou um pouco, na verdade) despejado dentro da panela do molho e misturado até sair um pouco o aspecto de “sopa”, com muito mais molho do que frango.

Agora é só procurar uma massa integral como spaguetti, panquecas ou pizzas de frigideira (ou o que você gostar mais no mundo) e saborear. 🙂

Nota: as fotos dessa vez não são minhas.